Comics Tattoos: normas e singularidades

O presente texto visa caracterizar diferentes tipos de usos de Comics Tattoos e verificar seu potencial de significação. Para alcançar os objetivos, foram realizadas entrevista em profundidade e análise documental, com base na semiótica peirciana. As entrevistas e análises permitiram constatar que existem diferentes formas de uso dos personagens como tatuagens, que são definidas em razão da história que se deseja contar. Ao se apropriarem de imagens da indústria de comunicação e entretenimento, o tatuador e o sujeito tatuado estabelecem “acordos” entre as normas que orientam a apropriação e reprodução de imagens de personagens de histórias em quadrinhos e as convenções e os hábitos relacionados ao uso e prática de se tatuar.

Revista E-Compos (2017)

Autores

João Batista Freitas Cardoso